Medos Corriqueiros E Vergonha Cotidiana – Um Estudo Em Antropologia Das Emocoes

Raoni Borges Barbosa

Edicoes Bagaco
Matriz – Centro
Brochura
Cadernos Do Grem Nº 08

R$31,25

Limpar

Descrição

RBSE

Revista Brasileira de Sociologia da Emoção
, v. 13, n. 39, dez. 2014 BARBOSA
BARBOSA, Raoni Borges. “Os conceitos de medos e medos
corriqueiros na Antropologia e Sociologia das Emoções de
Koury”.
RBSE

Re
vista Brasileira de Sociologia da Emoção,
v. 13, n. 39, pp. 302

321, dezembro de 2014.
ISSN 1676

8965
ARTIGO
http://www.cchla.ufpb.br/rbse/Index.html
Os conceitos de medos e medos corriqueiros na Antropologia e Sociologia das
Emoções de Koury
Resumo:
Este artigo pretende discutir os conceitos de medos e medos corriqueiros na
A
ntropologia e Sociologia das Emoções de Koury. Perspectiva teórica esta que vendo
endo desenvolvida em trabalhos sistemáticos no âmbito do GREM

Grupo de Pesquisa
em Antropologia e Sociologia das Emoções. O artigo está estruturado de modo a
discutir algun
s artigos e livros selecionados dentre a extensa obra de Koury, de modo
que uma aproximação dos conceitos de medos e medos corriqueiros possa ser realizada.
Reflexão esta que busca conectar categorias analíticas como confiança, coragem,
sofrimento, amizade
e outras às discussões sobre medos e medos corriqueiros com base
em experiências etnográficas acumuladas a partir do projeto de mestrado intitulado
“Medos corriqueiros e vergonha cotidiana: uma análise compreensiva do Bairro do
Varjão/Rangel, João Pessoa,
PB”, abrigado no projeto guarda

chuva “Análise de um
bairro considerado violento na cidade de João Pessoa, Paraíba: solidariedade e conflito
nos processos de interação cotidiana sob intensa pessoalidade”. Koury apresenta uma
série de estudos sobre como as
emoções medos e medos corriqueiros, centrais para a
compreensão de uma sociabilidade concreta consoante os paradigmas da Antropologia e
Sociologia das Emoções, se manifestam, informam e conformam a cultura emotiva do
espaço societal urbano brasileiro cont
emporâneo. Os medos e os medos corriqueiros
constituem o elemento fundamental de estruturação do cotidiano do morador da cidade.
Estas emoções denotam as configurações sempre tensas, ambivalentes e conflituais de
ordem e desordem, normalidade e desvio, est
ranhamento, pertencimento e semelhança e
dessemelhança no espaço societal, apontando, assim, para as fronteiras de uma
sociabilidade dada e para o
ethos
de uma cultura específica.
Palavras

c
have:
medos,
medos corriqueiros, antropologia e sociologia
Mais informações? Solicite no formulário de mais informações do produto.

Solicite mais informações sobre o produto

Informação adicional

Peso 464 g
Dimensões 13 × 18 cm
Título

Autor

Assunto

Código

Editora

Edição

Acabamento

ISBN

Idioma

Qtd. Páginas

Coleção